By Esgotecnica / Vazamento / 0 Comments

Torneira vazando: principais causas e como resolver

O vazamento de torneiras não é apenas um inconveniente sonoro que não deixa ninguém dormir. Também representa desperdício de água e do seu dinheiro.

Sempre que nos deparamos com o chato pinga-pinga é necessário realizar o reparo.

Por serem aparentemente complicadas de consertar muita gente acaba deixando para depois e acaba piorando a situação.

Uma torneira pingando pode desperdiçar mais de 50 litros de água por dia. Isso dá mais de 1.400 litros por mês. É muita coisa para deixar ir embora pelo ralo.

Como consertar a torneira pingando

O pinga-pinga é um problema sério e que precisa de conserto imediato após a detecção.

Que tal aprender como reparar uma torneira pingando? Vamos lá.

O que não fazer com uma torneira pingando

É muito comum as pessoas apertarem a torneira para parar o vazamento. Sim, isso funciona algumas vezes, mas a solução paliativa apenas piora a situação como um todo.

Além de terminar de destruir a vedação da torneira, forçar a rosca pode danificar também os outros componentes da peça.

Um problema que poderia ser resolvido com alguns centavos vai acabar custando muito dinheiro.

O melhor é arrumar a torneira assim que ela começa a pingar.

As principais causas

Para saber como consertar um problema primeiro é importante entender quais são as principais causas desse problema.

As torneiras podem ser divididas em dois grupos distintos, as comuns e as de ¼ de volta. O problema de vazamento está sempre no mesmo local. No reparo (também chamado de mvs).

As torneiras comuns têm uma borrachinha de vedação no reparo que quando substituídas podem resolver o problema.

As torneiras de ¼ não possuem essa borrachinha. Para consertar o vazamento é necessário trocar o reparo todo.

Como identificar o tipo de torneira

De forma bem simples as torneiras comuns são aquelas que você precisa girar para que ela abra, quase dando uma volta completa.

As torneiras ¼ são aquelas que abrem através de alavanca que dão apenas um quarto de uma volta (daí o nome).

A maioria das torneiras de pias e de lavatórios são comuns. Mas é bem fácil identificar caso não seja.

Já sabe qual é o tipo da sua torneira? Então vamos pôr a mão na massa.

O primeiro passo é fechar o registro interno do banheiro, ou então desligar a água da casa caso vá trocar o reparo da pia.

Abra a torneira por alguns segundos para deixar que a água dentro do cano saia e não faça uma bagunça na hora de desmontar.

Pode deixar a torneira aberta, irá ajudar na hora da montagem final.

Como consertar o vazamento de torneiras comuns

Se a sua torneira for comum há duas maneiras de consertá-la. Trocando o reparo todo ou apenas a vedação.

Na maioria dos casos apenas trocar a vedação é o suficiente.

Você irá precisar de:

  • Chave de fenda ou chave Philips (dependendo do modelo);
  • Alicate bomba d’água ou chave de grifo;
  • Vedantes ou reparo novo. O ideal é abrir a torneira antes de comprar.

Para abrir a torneira são necessárias apenas essas duas ferramentas. O primeiro passo é retirar a parte onde “giramos a torneira”.

Para isso remova o acabamento que esconde o parafuso. Desparafuse e retire a manopla.

O que sobrou foi um “pino” geralmente na cor bronze. Esse pino é chamado de haste e ele está diretamente ligado com o reparo.

Usando a chave grifo ou o alicate bomba d’água retire o reparo da torneira.

Agora é hora de tentar entender o que está acontecendo. Analise se a borracha que fica na ponta do reparo está inteira.

Se ela estivar rachada, rasgada, torna ou deformada, essa é a causa do problema.

Leve a borracha e o reparo até uma casa hidráulica e peça por uma borrachinha idêntica àquela.

Basta trocar a borracha de vedação e remontar a torneira para resolver o problema.

Caso o problema não seja resolvido a solução é trocar o reparo inteiro.

Como consertar vazamentos em torneiras ¼

As torneiras ¼ têm um processo de desmontagem bem parecido com a das torneiras comum.  A única diferença é que a torneira ¼ não possui borracha de vedação, portanto é necessário a troca de todo o reparo.

Lembrando que cada torneira, de qualquer modelo, possui um método de desmontagem diferente, por isso é bom desmontar com cuidado para saber montar novamente.

Da mesma forma que na comum, leve o mvs para uma loja especializada e compre uma peça idêntica para realizar a troca.

É bem fácil, não é mesmo?

Ainda está com dúvidas ou quer a ajuda de um profissional? Nossa equipe de encanadores está pronta para te atender com profissionais treinados e com um serviço de alta qualidade.

Entre em contato com a gente e conheça os nossos serviços, valores e condições. Temos a certeza de que você irá encontrar o que procura com a Esgotecnica.